quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Que 2010 seja o ano do RESPEITO

É basicamente isso que eu espero desse ano, para evitar o famoso cliche "Não faça ao outro o que vc não gostaria para vc".
Que as pessoas não façam promessas, ou peguem compromisso que levarão a sério, quem todo sim seja SIM, e todo não seja NÃO, e não uma coisa mascarada de outra, que venham palavras positivas e reconhecimentou, ou até mesmo gratidão, no lugar das pedras.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Carimbagem humana

Na série house of night é citado desde de o primeiro livro a Carimbagem,
os livros podem ser ficção, e eu sou uma pessoa meio suspeita para julgar histórias de vampiro, mas acho que a carimbagem é mais uma coisa humana, vinda das nossas experiencias humanas, do que um laço criando entre dois seres através de sangue da história.
Resumindo, lá a carimbagem torna as duas pessoas totalmente ligada entre si, uma pode "rastrear" a outra, sentem as mesmas dores, e por aí vai...
Acho que ser humano é deixar se carimbar, e carimbar os demais. Acho que quando gostamos de verdade de uma pessoa, é totalmente possível vc sentir o que a outra pessoa sente. Do nada você fica feliz, e mais tarde descobre que o outro ficou feliz por tal motivo. Você sente uma ansiedade que não é sua, ou uma onda de sofrimento momentâneo... e acontece. Ou vc pensa em alguém querido determinada hora do dia, e uma tempo depois fica sabendo algo a respeito da pessoa. Essa pessoa pode estar no outro cômodo, ou simplesmente vários km distante.
Assim como parece ser carimbada para o resto da vida alguém importante, acho que a carimbagem "humana" deveria ser mais aprofundada como a do livro. Você encontra seu irmão perdido no shopping em 5 minutos, sabe quando estão mentindo para vc, não precisa que seu parente ligue para avisar que esta chegando ou que está passando mal. E sabe exactamente as batidas do coração da pessoa que mais ama o mundo.

Quarta do Gato

Hoje eu vou colocar dois produtinhos muito cuts, no lugar de imagens de cats
Eu queria muito uma caixinha dessas, ta que eu nem tenho tanto papel para prender, mas para poder dizer "ó eu tenho", alô futilidade?!rs
A ideia de chaves mais divertidas ajuda muito na hora de diferencia las das demais do molhos de chaves, assim como fica mais dificil perder. Isso mercia ir para a sério do quem casa quer casa.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Quanta felicidade

É engraçado como quando as coisas não acontecem como queremos, e moldam se de forma tão perfeita a nossa necessidade que chega a espantar. Hoje a menina mais linda do mundo comemora duas semanas de vida, e não existe a possibilidade de pensar na minha casa sem a presença dessa carinha de joelho tão perfeita, fazendo toda a familia babar colorid de tanta alegria.
Caramba eu tô ficando velha hen, passei dos 20, perdi 4 dentes (cisos, não to banguela não), e agora ainda por cima sou Titia!
O SENHOR É MEU PASTOR E NADA ME FALTARÁ

Essa frase só é cliche para quem não entende.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

sumida, né?

escrevi um baita texto, sobre como é dificil ficar sem pc (meu lindo e magavilho pc morreu novamente), e ter que se virar no notebook alheio (eita maquininha complicada), é pedir pra sofrer! Eu ia falar de carnaval, e da coisa mais linda-toma-tempo que está sobre meus cuidados. Desisti, vou esperar a alma do meu pc voltar a aceitar seu corpo.

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Quarta do gato

Um gatinho filhote-bebelicia, para representar a coisa mais linda do mundo, que hoje completa uma semana e um dia!

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

eu acho que bom mesmo....

Bom mesmo é andar descalça... bom mesmo é andar sem rumo, andar nas nuvens, andar passo a passo, andar lento, andar curto, andar rápido. Bom mesmo é não parar de andar, não encolher o pé na fenda do caminho. Bom mesmo é saber quando não andar, reconhecer que aquela passagem é maior do que a capacidade dimensão anatomica da nossa pegada. Bom mesmo é saber pular, quando a fenda é grande, e você não quer para de ir para frente, é uma forma de andar. Pular é uma forma de andar, com estilo. Aprender a pular, é uma forma, eu diria, de viver.